Hotel Turismo da Guarda

 

Foi hoje publicado, em Diário da República, a abertura do concurso público para o direiro de superfície da exploração do Hotel da Guarda, para instalação de uma unidade hoteleira. Os investidores interessados têm 42 dias para apresentar candidatura.

O Hotel da Guarda é um dos 33 imóveis inscritos no REVIVE, uma iniciativa conjunta dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças com a colaboração das autarquias locais, que visa promover os processos de rentabilização e preservação de património público que se encontra devoluto. Pretende-se, deste modo, tornar este património apto para afetação a uma atividade económica com finalidade turística, de modo a gerar riqueza e postos de trabalho, promover o reforço da atratividade de destinos regionais, a desconcentração da procura e o desenvolvimento de várias regiões do país.

O futuro hotel terá ainda uma componente de formação assegurada em articulação com instituição de ensino da região.

Este é o terceiro concurso do Programa REVIVE a ser lançado. Os anteriores foram o do  Convento de São Paulo em Elvas, cujas obras já se iniciaram, e também o dos Pavilhões do Parque D. Carlos I nas Caldas da Rainha.

Para mais detalhes consulte a publicação em Diário da República  (https://dre.pt/application/conteudo/107787673).

Contactos para marcação de visitas ao imóvel: 

Chefe de Gabinete do Presidente da Câmara, Carlos Condesso tlm: 964 552 711
Adjunta do Presidente da Câmara, Cecília Amaro tlm: 964 705 523

Alerta: 
Relativamente às peças desenhadas disponibilizadas alerta-se que as mesmas resultam de levantamentos existentes não tendo os mesmos sido confirmados no local nesta data. Mais se informa que caso deseje receber as mesmas em formato editável deve solicitá-lo pelo email: revive@turismodeportugal.pt.