Castelo de Portalegre

Castelo medieval cuja construção ocorreu já no reinado de D. Dinis, por volta de 1290.  Nesta fortificação, relacionada com a defesa da fronteira alto-alentejana, destaca-se a Torre de Menagem, com pavimentos interiores cobertos por abóbadas e planta quadrangular regular, bem integrada na muralha característica da arquitectura gótica militar. Existem ainda três torres, das doze que possuía inicialmente, uma das quais a Torre Norte que atualmente, pela sua altura, constitui o verdadeiro símbolo cenográfico do passado medieval da cidade.

O Castelo sofreu já obras de restauro, tendo ainda sido alvo de intervenção de modo a poder ser instalado no seu interior um museu, atualmente em funcionamento.

A área a afetar ao uso turístico é a totalidade do imóvel, e o modelo jurídico será o de concessão.

Concelho: 
Portalegre
Envolvente: 
Situado no ponto mais alto do centro histórico de Portalegre desfruta de vistas estratégicas sobre a cidade e sobre a paisagem envolvente, que tão bem caracteriza o Alto-Alentejo;
Categoria de proteção: 
Monumento Nacional
Técnico Responsável: 
Leonor Picão
Localização: